Notícias

12/01/2018

Obras de 42 casas populares serão iniciadas nas próximas semanas em Sertaneja

Cohapar e prefeitura discutem os últimos detalhes da contratação do empreendimento, que receberá quase R$ 3 milhões em investimentos do FGTS.

O presidente da Cohapar, Abelardo Lupion, e o prefeito de Sertaneja, Jamison Donizete da Silva, estiveram reunidos nesta semana, na sede da empresa, para tratar dos últimos detalhes dos contratos para a construção de 42 casas populares no município. O empreendimento, orçado em quase R$ 3 milhões, será financiado com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), em parceria com o Governo Federal.

Segundo o prefeito, a visita foi agendada por orientação dos deputados estaduais Pedro Lupion e Luiz Claudio Romanelli e objetiva também ampliar as parcerias com o Governo do Estado no âmbito da habitação popular. “O município ainda possui áreas disponíveis para a construção de novos empreendimentos e contamos com o suporte técnico da Cohapar para nos orientar na captação de mais investimentos”, afirma Jamison Silva.

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA – A administração municipal também demonstrou interesse em aderir ao programa Morar Legal Paraná, iniciativa coordenada pela Cohapar voltada à regularização de imóveis sem documentação no estado. O prefeito recebeu uma lista de documentos que devem ser coletados e organizados pela prefeitura para dar continuidade ao projeto, que deve atender famílias residentes no distrito de Paranagi.

Durante o encontro, Lupion garantiu apoio total às demandas apresentadas pelo prefeito. “A estrutura da Cohapar está à disposição das prefeituras para o firmamento de novas parcerias que promovam a melhoria da qualidade de moradia da população paranaense”, declara.

João Ricardo da Silva, assessor do deputado estadual Luiz Claudio Romanelli, e João Naime Neto, superintendente de Relações Institucionais da Cohapar, acompanharam a reunião.

Recomendar esta notícia via e-mail: