Notícias

26/02/2019

Prefeitos de Manoel Ribas, Marilândia do Sul e Novo Itacolomi acompanham projetos voltados a famílias carentes na Cohapar

Serão construídas 78 moradias populares a custo zero para o público beneficiado, que é formado por pessoas já cadastradas em programas sociais do município, governo estadual e governo federal.

Família ParanaenseO presidente da Cohapar, Jorge Lange, recebeu nesta segunda-feira (25) os prefeitos de Manoel Ribas, Marilândia do Sul e Novo Itacolomi para tratar de projetos ligados ao programa Família Paranaense. As três cidades serão beneficiadas com a construção de 78 casas populares para o atendimento de famílias de baixa renda.

Com a abertura das propostas das construtoras interessadas na execução das obras, os documentos estão agora em fase de homologação pela Cohapar antes da assinatura dos contratos com a empresa vencedora e início efetivo do serviço. Serão investidos cerca de R$ 4,6 milhões nos três municípios, sendo 20 unidades para Manoel Ribas, 12 para Marilândia do Sul e 42 para Novo Itacolomi.

Os recursos são financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento e visam aumentar o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) dos municípios por meio da melhoria das condições de moradia da população. “Estes projetos vão permitir que as famílias continuem a se desenvolver social e economicamente, o que vai ao encontro do que prega o governador Ratinho Junior”, afirma o presidente da Cohapar.

Com o aporte feito por meio do programa, as famílias beneficiadas receberão os imóveis completamente de graça. O grupo será selecionado entre pessoas das cidades que já estão cadastradas em programas sociais da prefeitura, Governo do Estado e Governo Federal.

MARILÂNDIA DO SUL – Além dos imóveis integralmente subsidiados, o município conta ainda um projeto desenvolvido em parceria com o governo estadual para a construção de 91 casas financiadas com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A contratação depende da liberação e repasse de aproximadamente R$ 6,4 milhões do Governo Federal.

“Depois uma grande demanda por casas no município e aguardamos esta posição da União para contratar este empreendimento, que é destinado às pessoas que podem arcar com os custos de financiamento”, relata o prefeito de Marilândia do Sul, Aquiles Takeda Filho.

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem