Notícias

03/08/2019

Programa de escrituração da Cohapar é apresentado à população de Jardim Alegre

Serviço custa apenas R$ 478,76 à vista e pode ser parcelado em quatro prestações mensais de R$ 132,88. Podem participar mutuários, compradores ou pessoas que ocupem imóveis da Cohapar cujo financiamento já esteja quitado.

Cerca de 220 pessoas participaram de uma reunião organizada nesta sexta-feira (2) por técnicos da Cohapar em Jardim Alegre para a apresentação do programa de Escrituração Direta da companhia. O grupo de possíveis beneficiários é formado por mutuários, compradores e ocupantes de imóveis da Cohapar que estão com o financiamento quitado e desejam registrar a propriedade de suas moradias.

VANTAGENS - Em Jardim Alegre, o público apto a participar do programa chega a 570 famílias. Quem optar pela adesão ao programa, pagará R$ 478,76 à vista ou quatro prestações mensais de R$ 132,88 pelo serviço. Após o pagamento, elas devem receber a escritura de propriedade em até 15 dias e poderão usá-la para registrar a propriedade do imóvel em cartório. 

Segundo a chefe do escritório regional da Cohapar Elisangela Araújo, além do preço reduzido pelo serviço, a empresa mantém articulação direta com os municípios e os cartórios para oferecer outras vantagens à população. "Além do serviço de emissão sair por praticamente metade do preço, o programa prevê descontos em taxas cartorárias e isenção total do FUNREJUS", explica.

No caso de Jardim Alegre, as famílias também não precisarão arcar com os custos do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI). Isso porque a prefeitura e a câmara de vereadoes aprovaram uma lei isentando a cobrança para os imóveis registrados dentro do programa da Cohapar. Presente na reunião explicativa, o prefeito José Roberto Furlan estimulou as famílias a aderirem. 

"A escrituração da Cohapar é um processo simples, mas de grande valia para os proprietários e também para o município, por isso a prefeitura abraçou esta causa e está dando todo o suporte necessário para que todas as famílias tenham as suas casas escrituradas com rapidez", afirma Furlan. 

COMO PARTICIPAR – Quem ficou interessado pelo programa pode fazer a adesão pelo site www.cohapar.pr.gov.br/escritura. Outra opção é entrar em contato com o escritório regional da Cohapar em Apucarana. O atendimento é prestado de segunda à sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30 na Rua Coronel Luiz José dos Santos, 503, no Bairro 28 de Janeiro, ou pelo telefone (43) 3308-3150.

O auditor Thiago Silva, de 28 anos, já havia ouvido falar do programa e disse que vai fazer o serviço com a Cohapar. "Eu já vim disposto a aderir e depois de conhecer os detalhes do programa vou dar entrada com a documentação nos próximo dias", revela. 

Outra interessada é a técnica de enfermagem Josiane Lima, 37. Ela conta que mora há 17 anos em uma casa financiada pela Cohapar, e que só vai fazer a escritura por causa do programa. "O valor é bem mais acessível, então é uma boa hora pra regularizar a situação", comenta.

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem