Perguntas Frequentes

FAQ

1) Quero uma casa da Cohapar, o que eu preciso fazer?

2) Preciso da 2ª via do meu boleto. Como consigo?

3) Onde pego a Certidão de Quitação da minha casa?

4) O que é regularização fundiária e qual é a importância da escrituração?

5) Quero quitar o meu imóvel. O que devo fazer?

6) Como posso transferir meu imóvel?

7) Posso alugar ou vender a minha casa?

8) Me inscrevi na Cohapar e não fui contemplado. Por quê?

9) Estou com o nome sujo. Posso participar do cadastramento?

10) Sou profissional autônomo e não consigo comprovar renda, posso participar do cadastramento?

11) Acho que estou com dívidas. Consigo negociar?

12) Moro em Curitiba, posso me inscrever/participar de algum programa da Cohapar?

13) Posso me inscrever/cadastrar em programas da cidade vizinha?

14) Vi algo irregular, onde denuncio?

15) Gostaria de informações para o meu trabalho acadêmico. Como prosseguir?

16) O financiamento tem seguro?

17) Quando posso usar o seguro?

18) Tem prazo para utilizar o seguro?

19) Posso reformar ou ampliar meu imóvel?


1) Quero uma casa da Cohapar, o que eu preciso fazer?

A participação nos programas em que a Cohapar atua acontece por meio de inscrição no cadastro de pretendentes de cada município. Os cadastramentos são realizados pelas equipes sociais da companhia e prefeituras em períodos específicos e têm validade de dois anos.

A Cohapar faz uma ampla divulgação da abertura de novas inscrições nas localidades. Também é possível acompanhar a previsão dos próximos cadastros, listas de inscritos ativas por município e a relação dos documentos necessários através deste link.

voltar ao topo


2)Preciso da 2ª via do meu boleto. Como consigo?

A segunda via de prestação pode ser obtida através deste link. Outra opção é solicitar através do telefone 0800 645 0055. Em ambos os casos, será preciso ter em mãos o número do contrato e o CPF do titular.

voltar ao topo


3) Onde pego a Certidão de Quitação da minha casa?

A emissão de Certificado de Quitação não é automática. Ao término do financiamento, após a quitação de todas as pendências financeiras junto à Cohapar, o mutuário deve dirigir-se ao atendimento mais próximo para formalizar a solicitação da documentação. Para isso é necessário apresentar uma cópia do contrato e a matrícula atualizada do imóvel. Assim que a documentação estiver disponível para retirada, um funcionário da Cohapar entrará em contato para informar o mutuário.


Se preferir, você pode entrar em contato diretamente com o posto de atendimento da sua região. Para isso, basta selecionar o seu município na listagem abaixo que você será redirecionado para a página de atendimento mais adequada:

voltar ao topo


4) O que é regularização fundiária e qual é a importância da escrituração?

A Regularização Fundiária consiste no conjunto de medidas jurídicas, urbanísticas, ambientais e sociais que visam a regularização de assentamentos irregulares e a titulação de seus ocupantes, de modo a garantir o direito social à moradia, o pleno desenvolvimento das funções sociais da propriedade urbana e o direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado.

Sem a escritura e o posterior registro dela no registro de imóveis o comprador não tem garantias de transferir a propriedade para seu nome, abrindo possibilidade de discussão judicial sobre a propriedade. Melhor que ter uma casa, é tê-la no seu nome!

voltar ao topo


5) Quero quitar o meu imóvel. O que devo fazer?

Para realizar a quitação do financiamento junto à Cohapar é necessário procurar os escritórios regionais informando o interesse em quitar o financiamento antecipadamente.

Para a quitação antecipada, será emitida uma taxa de solicitação de saldo devedor. Após o pagamento desta, a Cohapar entrará em contato com o mutuário informando o valor para quitação antecipada no prazo de 30 dias.

voltar ao topo

6) Como posso transferir meu imóvel?

Para realizar a transferência do financiamento junto à Cohapar é necessário procurar os escritórios regionais informando o interesse em transferi-lo. Nossos técnicos orientarão sobre todos os documentos necessários para apresentação, havendo uma taxa de transferência a ser paga pelo mutuário. Após a análise da documentação apresentada e aprovação do cadastro, será realizada a transferência.

Atenção: Alguns contratos preveem um tempo mínimo de permanência, sendo a transferência, venda ou aluguel do imóvel proibida e passível de punições, que podem inclusive acarretar na perda do imóvel. Em caso de dúvidas, consulte o nosso 0800 645 0055 ou o escritório regional mais próximo.



voltar ao topo


7) Posso alugar ou vender a minha casa?

A comercialização do imóvel, de qualquer natureza, irá depender do tipo de programa pelo qual a pessoa foi atendida e, principalmente, pelo que consta no contrato celebrado entre Cohapar e o mutuário. Sendo importante destacar que, uma vez recebido o título de propriedade do imóvel, o mutuário é o proprietário legal do bem imóvel e, pode exercer o direito à propriedade garantida constitucionalmente.

No caso de maiores esclarecimentos, sugerimos entrar em contato com o Escritório Regional mais próximo de sua cidade. Nunca faça uma transação sem a aprovação da Cohapar, pois se não for aprovado não terá validade.



voltar ao topo

8) Me inscrevi na Cohapar e não fui contemplado. Por quê?

O cadastro habitacional tem como principal função estabelecer um diagnóstico da demanda por moradia no município. É necessário conhecer a realidade social e econômica das famílias para que se possa implantar o programa mais adequado ao perfil de renda do município.

O Cadastro, portanto, não é uma garantia de atendimento. Conforme disponibilidade de recursos e de áreas, os programas vão sendo implantados nos municípios, respeitando esse diagnóstico. Assim, uma família pode não ter sido contemplada porque ainda não chegou a fase de implantação e comercialização de unidades habitacionais no município.

Caso você tenha conhecimento de que já houve seleção de famílias e comercialização de unidades e mesmo assim sua família não foi contemplada, você pode verificar junto ao Escritório Regional mais próximo de sua cidade quais foram os critérios utilizados e quais foram as famílias selecionadas. Desta forma, garantimos transparência e controle social em todo o processo.

voltar ao topo

9) Estou com o nome sujo. Posso participar do cadastramento?

Sim. Não há nenhum impedimento para participar do cadastramento. Entretanto, para algumas modalidades de empreendimentos, quando há financiamento imobiliário, é necessário que o contratante não possua restrições cadastrais em seu nome.

Nestes casos, há consulta de restrição cadastral, mas o beneficiário é notificado caso haja alguma restrição para que possa regularizar sua situação. Para mais informações sobre um empreendimento específico, sugerimos entrar em contato com o Escritório Regional mais próximo de sua cidade.



voltar ao topo

10) Sou profissional autônomo e não consigo comprovar renda, posso participar do cadastramento?

Sim, pode. Para o cadastro você pode apresentar renda através de auto declaração. No momento da comercialização, caso seja selecionado, será convidado a apresentar outras comprovações de renda para o banco (tais como comprovantes de gastos, declaração de imposto de renda, entro outros).

voltar ao topo

11) Acho que estou com dívidas. Consigo negociar?

Para realizar a negociação das prestações em atraso o mutuário poderá ligar para 0800 645 0055 ou no atendimento em seu município, solicitando a negociação de suas prestações em atraso.


Importante: A Cohapar não recebe o pagamento de nenhum valor por seus funcionários. Sempre será emitido boleto para pagamento em bancos e órgãos autorizados.

voltar ao topo

12) Moro em Curitiba, posso me inscrever/participar de algum programa da Cohapar?

A demanda habitacional da cidade de Curitiba é atendida pela Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab-CT), a Cohapar atua apenas como parceira institucional.

voltar ao topo

 

13) Posso me inscrever/cadastrar em programas da cidade vizinha?

Sim. Entretanto só é possível se cadastrar para um município, não sendo possível o cadastro ativo em mais de uma cidade.

voltar ao topo

14) Vi algo irregular, onde denuncio?

Existem diversos canais de comunicação possíveis. Através do fale conosco da Cohapar, através do Escritório Regional mais próximo de sua cidade, também, através da Ouvidoria Geral do Estado ou, ainda, via Ministério Público.

voltar ao topo

15) Gostaria de informações para o meu trabalho acadêmico. Como prosseguir?

Para contribuir com trabalhos, atividades e conhecimento acadêmico, estes pedidos devem ser formalizados através do Ofício formal da instituição de ensino para a área desejada, informando o objetivo, roteiro das perguntas, fone de contato para agendamento e direcionamento ao profissional responsável.

voltar ao topo

16) O financiamento tem seguro?

Sim. Ao manter as prestações em dia, o mutuário tem direito a cobertura do seguro para Danos Físicos do Imóvel (DFI) e para Morte e Invalidez Permanente (MIP).

voltar ao topo

17) Quando posso usar o seguro?

No caso de destelhamentos, vendavais, alagamentos, incêndio e outras situações de dano no imóvel, não faça qualquer reparo sem a aprovação da Cohapar. Solicite a vistoria de um avaliador. No caso de aposentadoria por invalidez ou morte de um dos titulares do financiamento também poderá haver cobertura securitária. Mas, atenção, a aposentadoria por tempo de serviço ou auxílio doença não tem cobertura do seguro.

voltar ao topo

18) Tem prazo para utilizar o seguro?

Sim. É muito importante que o mutuário informe a seus familiares que no caso de sinistro a Cohapar deve ser informada o mais rápido possível, para não haver o risco de perder a cobertura do seguro.

voltar ao topo

19) Posso reformar ou ampliar meu imóvel?

Para qualquer mudança no imóvel, como reformas ou ampliações, é necessário ter a aprovação da Cohapar, pois sem ela você pode perder o direito de cobertura do seguro.

voltar ao topo
Recomendar esta página via e-mail: