Clipping

06/11/2019

V VALE - 300 DIAS: Um Paraná de novos investimentos e mais empregos



0 dias de gestão foi celebrada em Foz do Iguaçu nesta semana, num encontro que reuniu prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, deputados e a equipe de gestão de Ratinho Junior. O encontro Governo 5.0 mostrou um balanço dos primeiros meses da administração e apontou os rumos que o Estado deve seguir.

No primeiro ano, Ratinho Junior colocou em prática programas voltados a vencer as barreiras da crise econômica e seus reflexos sociais, diminuiu a máquina pública, desburocratizou processos para facilitar a vida do empreendedor, lançou iniciativas para encurtar distâncias e elaborou um plano para remodelar a infraestrutura.

“Nosso governo atua para resolver questões que afetam o Paraná de hoje, mas também tem um olhar para o futuro. Para as próximas décadas”, afirma o governador, ressaltando que um dos desafios neste primeiro momento foi vencer as dificuldades impostas pela queda de receitas.

Os obstáculos, contudo, não desanimam o governador, que também aposta no potencial da indústria do turismo para movimentar a economia paranaense. “É um setor que dá respostas rápidas e temos atrações diversificadas para trazer cada vez mais turistas ao Paraná, em todas as regiões”, afirma.

O Paraná está entre as cinco maiores economias do Brasil, tem quase 12 milhões de habitantes, é campeão em algumas culturas do agronegócio, tem cooperativas de renome internacional e empresas públicas de saneamento e energia com potenciais inestimáveis.
Para elevar a competitividade, o governo optou por incentivar a transformação tecnológica, estabeleceu um ecossistema integrado de inovação e está estimulando o desenvolvimento de startups, além de criar uma rede de parques tecnológicos. Também criou o Banco de Projetos Executivos, um legado para as próximas administrações.

“Em parceria com a iniciativa privada e as cooperativas, começamos a agregar mais valor na produção agrícola, fomentar a instalação de mais indústrias e conectar o Paraná às principais iniciativas do mundo. Pensar diferente para fazer diferente é o que nos move”, frisou Ratinho Junior.

Ele também determinou mais investimentos das empresas públicas no próprio Estado. Com isso, a Copel fará o maior programa de modernização do sistema elétrico no campo, chamado Paraná Trifásico. São R$ 2,1 bilhões para troca da rede até 2025. O Porto de Paranaguá investe R$ 611 milhões, a Sanepar R$ 470 milhões e a Cohapar R$ 587 milhões.

Leia noticia completa no site

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem