Governo do Estado entrega mais oito conjuntos e 222 famílias vão passar o Natal na casa própria
03/01/2022
O Governo do Estado concluiu a construção de mais oito empreendimentos destinados a famílias em situação de vulnerabilidade social apenas nesta semana. A entrega das chaves de 222 novas moradias foi finalizada nesta quarta-feira, a moradores de Cafezal do Sul, Fênix, Leópolis, Lunardelli, Nova Aurora, Prudentópolis e Sertaneja. Com os conjuntos habitacionais entregues agora, chega a 1.107 o número de famílias a receberem casas de do Governo do Estado desde 2019. A iniciativa faz parte do trabalho conjunto entre a Cohapar e a Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, que também conta com contrapartidas da Copel, Sanepar e prefeituras. Outras 345 unidades estão em obras e devem ser entregues à população ao longo do primeiro semestre do ano que vem. Entre obras e projetos concluídos, as ações somam aproximadamente 115 milhões de reais em recursos viabilizados pelo Governo do Estado por meio de um financiamento junto ao BID, Banco Interamericano de Desenvolvimento. Para o presidente da Cohapar, Jorge Lange, foi alcançado o objetivo determinado para o ano de 2021. //SONORA JORGE LANGE//

Segundo o prefeito de Lunardelli, Reinaldo Grola, com a mudança das famílias para os novos lares, a administração municipal já prepara novos investimentos na região. //SONORA REINALDO GROLA//

Em Nova Aurora, as casas foram construídas no distrito de Marajó, que de acordo com o prefeito, José Aparecido Souza, também vai receber outros investimentos do município. //SONORA JOSÉ APARECIDO SOUZA//

A dona de casa Jamile dos Santos de 32 anos de Nova Aurora, disse ser um sonho realizado ter a casa própria. //SONORA JAMILE DOS SANTOS//

A experiência com o programa durante os últimos três anos, foi acompanhada por especialistas do BID, que deve permitir um aumento dos projetos para os próximos anos. Isso porque está em fase final de articulação um novo empréstimo de aproximadamente um bilhão de reais do banco para novos projetos habitacionais no Paraná. (Repórter: Gustavo Vaz)