Famílias em vulnerabilidade de Centenário do Sul receberão moradias sem custos
06/07/2021 - 00:02

Trinta famílias de Centenário do Sul aguardam ansiosas a conquista de uma casa própria nos próximos meses. Com previsão de finalização em setembro, os imóveis vão beneficiar o público em situação de vulnerabilidade social e serão entregues pelo Governo do Estado gratuitamente. Elas já participaram da última etapa legal antes de receberam as chaves.

Técnicos da Cohapar, da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho e da Prefeitura de Centenário do Sul realizaram, na semana passada, o chamado sorteio de quadra e lote. O procedimento serve para definir qual imóvel cada família vai ocupar, de acordo com seleção prévia feita por técnicos sociais do município e dos órgãos estaduais.

De acordo com o coordenador regional da Cohapar Fábio Henrique da Silva, o projeto está dentro do cronograma previsto. “A obra está quase terminando, temos 90% do cronograma concluído. O evento foi para que as famílias soubessem quais serão as futuras casas de cada uma delas”, explica.

INVESTIMENTO – Os recursos, de R$ 1,7 milhão, são fruto de um financiamento do Governo do Estado junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O aporte permitirá que as unidades habitacionais sejam entregues gratuitamente a famílias em situação de vulnerabilidade social e que já são atendidas por programas assistenciais na cidade.

Segundo o prefeito de Centenário do Sul, Junior Tavian, o sorteio das unidades aconteceu de forma transparente e emocionou os envolvidos.

“Fizemos uma transmissão ao vivo através do Facebook com o objetivo de garantir a transparência de todo o processo”, explica. “As famílias ficaram emocionadas ao receberem a informação de suas casas, pois são pessoas que vivem numa situação muito difícil, em que pagam aluguel mesmo sem condições financeiras”.

PROJETO – As moradias possuem sala, dois quartos, cozinha, banheiro e área de serviço externa, com modelos de 32 metros quadrados e unidades de 49 metros quadrados para pessoas com deficiência, conforme cota prevista na política estadual de habitação.

Desde 2019, o Governo do Estado entregou 598 casas totalmente de graça e há outras 854 unidades em construção. Os projetos somam R$ 106 milhões de investimentos para melhoria das condições de moradia da parcela mais carente da população paranaense.

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias